Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de Leituras

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

Diário de Leituras

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

07
Set17

Dom Casmurro - Machado de Assis

 

Depois de ter terminado, descobri que comecei Machado de Assis pelo terceiro volume daquilo que é considerada a sua trilogia realista:

Memórias Póstumas de Brás Cubas (1881)

Quincas Borba (1891)

Dom Casmurro (1899)

 

Porém, foi o eleito para o Clube dos Clássicos Vivos (Setembro/Outubro) e há muito que estava na TBR. 

 

Machado de Assis é considerado um dos autores máximos da literatura brasileiro. Conheço-o como fazendo parte da escola realista, como Eça de Queiróz, por exemplo. Mas ao contrário deste último é mais um realismo psicológico, que um social.

 

Uma das características mais marcantes deste autor é o seu diálogo com a/o leitor/a. Na verdade, é um tu cá/tu lá, e fa-lo com muito humor. 

 

Se desejarem ler Machado de Assis, saibam que é um autor que está no domínio público e podem facilmente encontrar toda a sua obra online. 

Destaco Machado de Assis - Vida e obra, um projecto do Ministério da Educação Brasileiro e a Universidade Federal de Santa Catarina. 

 

1

2 comentários

Comentar post