Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de Leituras

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

Diário de Leituras

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

30
Out17

Irritações literárias - José Rodrigues dos Santos

Primeiro foi o editor que era demasiado bom para ter determinados livros na sua editora. Dá o nome de José Rodrigues dos Santos como exemplo. 

 

Depois é foi a matilha do costume, nas redes sociais, a propósito da publicidade da editora que o referia como o escritor preferido dos portugueses, ou qualquer coisa do género. 

 

Eu nunca li o autor, mas também posso dizer o mesmo de James Joyce. Não foi uma opção de vida, é simplesmente falta de tempo para ler tudo.

 

Não sou particularmente fã da pessoa, confesso, mas começa a irritar que ele seja saco de porrada para tudo que é snob literário. Não querem ler, não leiam. 

 

Como diria alguém (muito sensata/o): se as pessoas metessem o nariz entre as páginas de um livro (qualquer um!!!), em vez da vida dos outros, este mundo seria muito melhor. 

12 comentários

Comentar post