Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de Leituras

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

Diário de Leituras

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

07
Jul17

O Cérebro que Aprende Lições para a Educação

Neste momento estou a ler uma biografia de Cleópatra, por Stacy Schiff, vencedora do prémio Pulitzer. Cortesia da minha biblioteca municipal.

Entre as páginas, descobri um talão de empréstimo de outra/o utilizador/a para o livro O Cérebro que Aprende - Lições para a Educação, de Sarah-Jayne Blakemore e Uta Frith.

 

1288_MAIN

Este livro une os conhecimentos teóricos mais recentes (edição original de 2005) da neurociência com as suas implicações práticas, no que diz respeito à capacidade de aprendizagem do cérebro. Assim, ficamos a saber quais os mecanismo fisiológicos da aquisição do conhecimento e de que forma estes se alteram ao longo da vida. Por exemplo, desmistifica-se a ideia de que uma criança aprende melhor do que um adulto: tal não é verdade, pois a plasticidade do cérebro permite a aquisição de conhecimentos ao longo da vida (até ao início da velhice), com a mesma capacidade. Escrito de forma acessível e apelativa, é interessante para curiosos na matéria, e, sobretudo, para educadores. Aliás, o subtítulo da obra é, precisamente, «Lições para a educação». 

 

E é assim que a minha TBR vai aumentando.

 

BMFE 37.03.BLA