Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de Leituras

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

Diário de Leituras

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

08
Mar17

As mulheres

(...) As mulheres precisam de dinheiro para serem pessoas, mais que simples mulheres. Acima de tudo estimo que sejas uma pessoa. Quero que sejas aquilo que eu não fui - e suspirava. - Para que não te aconteça...

 

A madona - Natália Correia

25
Fev17

Os livros

Este objecto barato permite-nos interrogar o passado e obter respostas exactas, utilizar a sabedoria da nossa espécie, compreender o ponto de vista dos outros, e não apenas dos que detêm o poder, partilhar - com os melhores professores - a compreensão, dolorosamente obtida a partir da natureza, dos maiores espíritos que jamais existiram, extraída de todo o planeta e de toda a nossa história. Permitem que pessoas há muito mortas falem dentro das nossas cabeças. São pacientes quando nós somos lentos a entender, permitem-nos rever as partes difíceis tantas vezes quantas queremos e nunca criticam as nossas falhas. Os livros são a chave para compreender o mundo e participar numa sociedade democrática.

 

Carl Sagan - Um mundo infestado de demónios

 

18
Fev17

...

Os disparates, as mistificações, a irreflexão, as fraudes e os desejos disfarçados de factos não se limitam a magia de salão e a conselhos ambíguos sobre assuntos sentimentais. Infelizmente, impregnam as questões políticas, sociais, religiosas e económicas em todos os países.

 

Carl Sagan

Um mundo infestado de demónios

17
Fev17

Violência na televisão e as crianças

Até parece que é um livro de puericultura, mas não. Porém, não resisto à partilha de um segundo trecho. Advirto que a primeira frase é um exemplo de "confusão entre correlação e causa": 

 

(...) as crianças que vêem programas de televisão violentos têm tendência para serem mais violentas quando crescem. Mas foi a televisão a provocar a violência ou as crianças mais violentas preferem ver programas violentos? Muito provavelmente ambas as afirmações são verdadeiras. Os defensores da violência na televisão afirmam que qualquer pessoa consegue estabelecer a distinção entre televisão e realidade. Mas os programas infantis de sábado de manhã apresentam uma média de 25 actos de violência por hora. Pelo menos isto torna as crianças menos sensíveis à agressão e à crueldade aleatória. E, se é possível implantar falsas recordações nos cérebros dos adultos impressionáveis, que estaremos a implantar nos nossos filhos quando os expomos a cerca de 100 000 actos de violência antes de terminarem a escola primária?

 

Carl Sagan

Um mundo infestado de demónios

 

Recordo agora que este livro foi escrito em 1995.

 

Auto-link: Há livros de auto-ajuda e depois há Carl Sagan (para pais)

13
Fev17

Muros

por toda a parte, no mundo inteiro, centenas de milhares de milhões de pessoas assim, pessoas ignorando a existência uma das outras, separadas por muralhas de ódio e mentira

 

1984, George Orwell

07
Fev17

Charlatões

Descobrir o resquício de verdade ocasional num grande oceano de confusão e de enganos exige vigilância, dedicação e coragem. Mas, se não praticamos estes duros hábitos de pensamento, não poderemos esperar resolver os problemas verdadeiramente sérios que se os deparam - e arriscamo-nos a tornar-nos uma nação de papalvos, presas fáceis para o primeiro charlatão que nos apareça.

 

Carl Sagan

Um mundo infestado de demónios

03
Fev17

Igualdade

De facto, se todos tivessem igual acesso ao lazer e à segurança, a grande maioria dos seres humanos, que normalmente vivem embrutecidos pela pobreza, instruir-se-iam e aprenderiam a pensar pela própria cabeça; a partir daí, cedo ou tarde concluiriam que a maioria privilegiada não desempenhada qualquer função, e acabariam com ela.

 

1984, George Orwell