Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de Leituras

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

Diário de Leituras

01
Mar18

Quero, Quero, Quero, Quero.

a

«De acordo com a matéria provada, a vítima tentou despistar o seu agressor, que a perseguiu de carro. Ele violou-a dentro do carro dela, usando de força e ameaça, segundo o acórdão. O coletivo desvaloriza totalmente os impactos de uma agressão deste tipo, apesar de esta ser uma violação entre desconhecidos/as, à noite, num local ermo, com recurso a armas, preenchendo, portanto, diversos mitos da violação. Ainda assim, o tribunal considera que o episódio terá sido apenas um incidente desagradável, sem consequências de maior na vida desta jovem. Até porque, de acordo com o tribunal: ‘O facto de a ofendida, antes de abandonar o lugar onde ficou livre do arguido, ter anotado a matrícula do automóvel daquele, pela presença de espírito que revela, é pouco compatível com um grande abalo psicológico.’»
— Acórdão do Tribunal da Relação do Porto, 2007

O novo livro de Isabel Ventura guiará os leitores por entre o caminho tortuoso da incompreensibilidade de decisões judiciais como esta. «Medusa no Palácio da Justiça ou Uma História da Violação Sexual» chega às livrarias em Março.

3 comentários

Comentar post