Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de Leituras

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

"O regresso à cultura. Sim, autenticamente à cultura. Não se pode consumir muito se se fica tranquilamente sentado a ler livros."

Diário de Leituras

17
Fev18

Segredos para um final feliz - Lucy Dillon

IMG_20180217_140927_122

Tinha assinalado este livro com a tag #livrarias. Já não me recordo como chegou ao meu radar. Curiosamente, não era o romance de amor "típico" que julguei ser.

Na verdade, é muito mais um romance sobre a amizade e sobre o papel das mulheres na sociedade, que um romance de amor. E encontrei mais amor ao livros que às personagens do sexo feminino.  

 

Michelle é a ultra organizada, controlada e controladora e muito empreendedora dona de uma loja de artigos para casa, que convida Anna para gerir uma moribunda livraria de pequena cidade. 

 

Enquanto Michelle é a solteira numa casa imaculadamente limpa e decorada, Anna vive um caos familiar com três enteadas que a tratam como governanta e um marido sem espinha dorsal para educar as filhas. Anna deseja ser a madrasta amiga, mas isso não parece estar a acontecer. 

 

A contracapa do livro evoca um love is in the air, mas encontrei muito mais de conflitos interiores entre o papel que a sociedade (e famílias) nos (mulheres) querem impor, em oposição aos nossos desejos e aspirações.

 

Entre empreendedoras e independentes, a cuidadoras e pilares de famílias. Esta é a história muito sóbria de duas amigas. 

 

Achei que o final foi um pouco atabalhoado, mas o facto de ter resistido a matar uma personagem, que eu estava certa que iria morrer, em prol do sentimentalismo, redimiu a autora. O final é, obviamente, feliz.

 

Livro no meu radar: Corações sem dono, Lucy Dillon